Aquele Em Que Monica Arruma Uma Nova Colega de Quarto


Cena 1: Todos estâo no Central Perk menos Rachel e Ross

MONICA: Não há nada para contar! Ele é só um cara do trabalho!

JOEY: Ora, você está saindo com esse cara! Deve ter alguma coisa errada com ele!

CHANDKER: Tudo bem, Joey, vai com calma. Então, ele é corcunda? Corcunda e careca?

PHOEBE: Espera aí, ele come giz?

(os outros olham para ela, confusos)

PHOEBE: É que eu não quero que ela passe pela mesma coisa que eu passei com o Carl- oh!

MONICA: tudo bem, gente, relaxem. Não é nem um encontro. São só duas pessoas indo jantar juntas - sem fazer sexo.

CHANDLER: Parece um encontro para mim.

(corta para o mesmo set)

CHANDLER: Tudo bem, então eu estou de volta ao colegial. Estou parado no meio da lanchonete, totalmente pelado.

TODOS: Ah, sim. Já tive o mesmo sonho.

CHANDLER: Então eu olho para baixo e percebo que tem um telefone.... lá.

JOEY: Em vez de....?

CHANDLER: Isso mesmo.

JOEY: Nunca tive esse sonho.

PHOEBE: Não.

CHANDLER: De repente, o telefone começa a tocar e é minha mãe, o que é muuuuuito estranho, porque ela nunca me liga!

(corta para a mesma cena. Ross entra)

ROSS: (mortificado) Oi. JOEY: Esse cara fala oi e eu tenho vontade de me matar.

MONICA: Está tudo bem, querido?

ROSS: Eu sinto como se alguém enfiou a mão pela minha garganta, tirou meu intestino pela minha boca e amarrou em volta do meu pescoço.....

CHANDLER: Bolacha?

MONICA: (explicando para os outros) Carol se mudou hoje. (para Ross) Vou pegar café para você.

PHOEBE: Oh! Oh! (começa a afastar o ar ao redor de Ross)

ROSS: Não, não! Pare de limpar minha aura! DEixe minha aura em paz, tá bom? Eu vou ficar bem. Juro. Espero que ela seja muito feliz.

MONICA: Não é verdade.

ROSS: Não, não é verdade, que ela vá para o inferno, ela me deixou!

JOEY: E vc nunca soube que ela era lésbica.....

ROSS: Não!! Tá bom?! Por que todo mundo fica se lembrando disso? Ela não sabia, como é que eu ia saber?

CHANDLER: às vezes eu queria ser lésbica.... (os outros olham para ele) Eu falei isso em voz alta?

JOEY: Tudo bem, Ross. Vc está sentindo muita dor agora. Vc está bravo. Vc está sofrendo. Posso te dizer qual é a solução?

(ROSS mexe a cabeça concordando)

JOEY: Curta a vida! Vamos, lá, vc é solteiro! Use seus hormonios!

ROSS: Eu não quero ser solteiro, tá? Eu só.... eu só... eu quero ser casado de novo!

(RACHEL entra num vestido de noiva toda molhada. Ela começa a procurar alguma coisa no lugar)

CHANDLER: E eu quero um milhão de dólares! (estende a mão, esperançoso)

MONICA: Rachel?!

RACHEL: Oh, Deus, Monica, oi! Graças a Deus! Eu acabei de ir para seu prédio e vc não estava lá e então um cara com um martelo disse que vc estaria aqui e vc está!

GARÇONETE: Quer um pouco de café?

MONICA: (apontando para Rachel) Descafeinado. (para todo mundo) OK, gente, esta é Rachel, estudei com ela no colegio. (para Rachel) Aqui está todo mundo, este é o chandler, e a Phoebe e Joey e - vc se lembra do meu irmão?

RACHEL: Oi, claro que lembro!

ROSS: Oi.

(eles vão se abraçar mas o guarda chuva do Ross abre. Ele senta, frustrado)

(um momento de silencio enquanto Rachel senta; os outros esperam que ela explique)

MONICA: Então vai dizer o que está acontecendo agora ou está esperando por quatro damas de honra molhadas?

RACHEL: Oh, Deus.. bem, tudo começou mais ou menos meia hora antes do casamento. Eu estava no quarto onde estavam todos os presentes e eu estava olhando para um dos presentes, quando de repente - (para a garçonete, que acaba de entregar o café) descafeinado?- eu percebo que estava mais interessada no presente do que no Barry. E então eu fiquei muito nervosa e foi quando eu percebi o quanto Barry parecia com o Cabeça de Batata. Vc sabe, eu quero dizer, sempre soube que ele parecia familiar, mas.... de qualquer maneira, eu tinha que sair de lá e eu comecei a pensar: "Pq estou fazendo isso e para quem estou fazendo isso?" (para monica) Então, eu não tinha para onde ir, e eu sei que nós não somos mais tão amigas, mas vc é a única pessoa que eu conheço que vive aqui na cidade...

MONICA: Que não foi convidada para o casamento.

RACHEL: Ooh, eu pensei que vc não ia ligar para isso....

CENA 2: APARTAMENTO DA MONICA (TODOS ESTÃO PRESENTES E ASSISTEM UMA NOVELA ESPANHOLA NA TV E ESTÃO TENTANDO ENTENDER O QUE ESTÁ ACONTECENDO)

MONICA: Agora eu acho que ele deu para ela o piano enorme e ela não gostou....

RACHEL: (no telefone) Pai, eu só.... eu não posso me casar com ele! Desculpe. Eu não o amo. Bem, isso importa para mim!

CHANDLER: (olhando para a tv) Ooh, ela não deveria estar usando estas calças.

JOEY: Empurre ela da escada.

PHOEBE+ROSS+CHANDLER+JOEY: Empurre ela da escada! Empurre ela da escada! Empurre ela da escada! (ela é empurrada da escada. Eles vibram)

RACHEL: Olha , pai, me ouça! É como se, toda minha vida, todos me disseram: "Vc é um sapato, vc é um sapato, vc é um sapato, vc é um sapato!" E hoje eu me perguntei " E se eu não quiser ser um sapato? E se eu quiser ser um.... uma bolsa, sabe? Ou um.... um chapeu!" não, pai, não estou dizendo que quero um chapeu, estou dizendo que sou um chap... é uma metáfora, pai!

ROSS: Vc pode ver onde ele está tendo problemas.

RACHEL: Olha, pai, é minha vida. Bem, talvez eu só vou ficar aqui com Monica.

MONICA: Acho que já decidimos quem vai ficar aqui com a Monica....

RACHEL: Bem, talvez esta seja minha decisão. Bem, talvez eu não precise de seu dinheiro. Espera! Espera, eu disse talvez!

(corta para o mesmo set. Rachel está respirando dentro de um saco de papel)

MONICA: Respire, respire..... isso mesmo. Tente pensar em coisas calmas....

PHOEBE: Chuva cai nas rosas e nos coelhos e gatinhos...(Rachel e Monica olham para ela).... sinos e trenós e..... alguma coisa com inhos.... La la la la.....

RACHEL: Estou melhor agora.

PHOEBE (sorri e anda para a cozinha. fala para Chandler e Joey) Eu ajudei!

MONICA: ok, olha, isto é provavelmente o melhor, sabe? Independencia. Ter controle sobre sua vida.

JOEY: (sentando-se do lado dela) E, ei, se precisar de qualquer coisa vc sempre pode vir me procurar. eu e Chandler moramos do outro lado do corredor. E ele nunca está em casa.

MONICA: Joey, pare de cantá-la! É o dia do casamento dela!

JOEY: O que, por acaso é alguma regra ou coisa assim?

(a campainha toca. Chandler atende)

CHANDLER: Por favor,. não faça mais isso, é um som horrível.

PAUL: (pelo interfone) É, uh, Paul....

MONICA: Deixe ele entrar!

JOEY: Quem é Paul?

ROSS: Paul, o cara do vinho, Paul?

MONICA: Talvez.

JOEY: Pera aí. Seu "não realmente um encontro" de hoje é com Paul, o cara do vinho?

ROSS: Ele finalmente te convidou para sair?

MONICA: Sim!

CHANDLER:Ooh, este é um momento digno de se colocar no diário.

MONICA: Rach, eu posso cancelar...

RACHEL: Por favor, vá, eu estou bem!

MONICA:(para Ross) e vc, está bem? Quero dizer, vc quer que eu fique?

ROSS: (com voz angustiada) Isso ajudaria....

MONICA: (horrorizada) Jura??

ROSS:(com voz normal) não, vá! É Paul, o cara do vinho!

(uma batida na porta. Monica atende, é Paul)

MONICA: Oi, entre! Paul este é...(eles estão todos alinhados na frente da porta) todo mundo, todo mundo, este é Paul.

TODOS: Oi! Paul! O cara do vinho! oi!

CHANDLER: Desculpe, não ouvi seu nome. É Paul?

MONICA: (mostra o caminho para Paul) Dois segundos

PHOEBE: Ooh, eu acabo de arrancar quatro cilios. Isso não é um bom sinal

ROSS: Então, Rachel, o que vc, uh, o que vc vai fazer esta noite?

RACHEL: Bem, eu deveria estar indo para Aruba em lua de mel, então nada!

ROSS: Certo, vc nem teve uma lua de mel, Deus..... Não, não, embora, Aruba, nesta época do ano.... estou falando de - (pensa um pouco) - lagartões.... De qualquer maneira, se vc não quiser ficar sozinha esta noite, Joey e Chandler vão me ajudar a montar meus móveis no meu apartamento.

CHANDLER: (ironico) Sim, e estamos muito entusiasmados com a idéia.

RACHEL: Bem, obrigada, mas acho que vou ficar por aqui esta noite.

ROSS: Tudo bem, claro. J

OEY: Ei, Pheebs, quer ajudar?

PHOEBE: Oh, eu gostaria de poder, mas não quero.

(intervalo comercial)

CENA 4: APARTAMENTO DO ROSS (OS RAPAZES ESTÃO MONTANDO OS MOVÉIS)

ROSS: (lendo as instruções) Eu tenho que juntar um suporte com essas coisas do lado usando um monte desses parafusinhos. eu não tenho um suporte, não tenho mais nenhum parafuso sobrando e... não consigo sentir minhas pernas.

JOEY:(pegando uma parte que sobrou) O que é isso?

CHANDLER: Não faço idéia

(Joey checa se Ross está olhando e joga aquilo atrás de um vaso)

JOEY: A estante está pronta!

CHANDLER: Completamente terminada!

ROSS: (abrindo uma lata de cerveja e fungando) Esta era a cerveja favorita da Carol. Ela sempre bebia direto da lata.... eu deveria ter percebido..

JOEY: Ross, deixe-me te pergunter uma coisa: Ela ficou com os móveis, com o som, a TV que funciona... com o que vc ficou?

ROSS: Vocês.

CHANDLER: Oh, Deus

JOEY: Vc está ferrado.

(corta para Monica e Paul comendo num restaurante)

MONICA: Oh meu Deus!

PAUL: Eu sei, eu sei, sou um completo idiota. Acho que deveria ter percebido tudo quando ela começou a ir ao dentista quatro, cinco vezes por semana. Quero dizer, quão limpo pode ficar um dente?

MONICA: Meu irmão está passando pela mesma coisa agora, ele está perdido. Como vc passou pela situação?

PAUL: Bem, vc pode tentar quebrar acidentalmente algo de valor dela, como...

MONICA: a perna?

PAUL: (rindo) é uma opção! Eu quebrei seu relógio.

(corta para Rachel no apartamento de Monica, falando no telefone)

RACHEL: Barry, sinto muito..... sinto muito mesmo.... sei que vc provavelmente acha que isso é tudo sobre o que eu disse no outro dia sobre vc fazendo amor de meia, mas não é... não é, é sobre mim, e eu só....(para de falar, disca um numeor) Oi, a secretária me cortou de novo.... de qualquer maneira....

(corta para o apartamento de Ross, ross está andando ao redor do apartamento enquanto Joey e Chandler estão montando mais um móvel)

ROSS: Estou divorciado! Tenho 26 anos e já estou divorciado!

JOEY: Cala a boca!

CHANDLER: Vc tem que parar! (bate no movel que estava montando com um martelo e o movel quebra)

ROSS: Eu só fiquei uma hora montando isso.

CHANDLER: Olha, Ross, vc tem que entender, nenhum de nós teve nenhuma relação que durou mais que uma bala de hortelã. Vc não, vc teve o amor de uma mulher por quatro anos! Quatro anos de troca e intimidade para no final ela destruir seu coração e é por isso que nós não fazemos isso! Eu acho qque não era isso que eu queria dizer!

ROSS: VC sabe qual é a parte mais assustadora? E se só existir uma mulher para cada homem? Quero dizer, e se vc conseguir uma mulher e acabou? Infelizmente, no meu caso, só houve uma mulher - para ela...... JOEY: O que vc está falando? Uma mulher? É como dizer que só existe um sabor de sorvete. Mas existem vários sabores! Vc pode come-los com jujubas ou com amendoim ou com chantilly! Esta é a melhor coisa que poderia acontecer com vc! Vc se casou quando tinha, sei lá, oito? Bem vindo de volta ao mundo! Pegue uma colher!

ROSS: Eu honestamente não sei se fico com fome ou com tesão.

CHANDLER: Fique bem longe do meu freezer!

(corta para o restaurante)

PAUL: Desde que ela me abandonou, eu, uh...

MONICA: O que?.... Vc quer escrever a resposta com o macarrão?

PAUL: Não é que... é uma revelação de quinto encontro.

MONICA: Oh, então vai haver um quinto encontro?

PAUL: Não vai?

MONICA: sim.... sim, acho que vai - O que você ia dizer?

PAUL: Bem, des-desde que ela me abandonou, um, eu não tenho conseguido, uh, fazer....(monica toma um gole de seu drink) .........sexo

MONICA: (cospe a bebida, chocada) Oh, Deus, oh Deus, desculpe... me desculpe.....

PAUL: Tudo bem....

MONICA: Sei que levar uma cuspida não é bem o que vc precisa agora...Um.... há quanto tempo?

PAUL: Dois anos

MONICA: Uau! Fico feliz que vc destruiu o relógio dela!

PAUL: Então, vc acha que inda quer..... vc ainda vai querer um qinto encontro?

MONICA: (pausa) sim. Sim, eu quero.

(corta para Rachel assistindo um programa de tv)

TV: Estamos reunidos aqui para unir Joanne Louise Cunningham e charles, Chachi-Chachi-Chachi Arcola em sagrado matrimônio.

RACHEL: Oh, essa é a diferença! Joanne amava Chachi!

(corta para Ross)

ROSS: Pegue uma colher. Vc sabe há quanto tempo eu não pego uma colher? E mesmo se eu conseguisse - chamar uma mulher para sair..... quem eu chamaria? (olha pela janela)

(corta para a Rachel olhando pela janela)

(intervalo comercial)

CENA 5: APARTAMENTO DE RACHEL E MONICA. RACHEL ESTÁ FAZENDO CAFÉ PARA JOEY E CHANDLER)

RACHEL: Não é demais? Quero dizer, eu nunca fiz café na minha vida inteira.

CHANDLER: É demais..

JOEY: Parabéns. Olha, se vc já quiser se aperfeiçoar, se quiser fazer um omelete ou algo assim....(JOEY e CHANDLER experimentam o café, engasgam e despejam no vaso) Embora eu não estou com fome.....

(Monica entra em cena, saindo do quarto)

TODOS: Bom dia

(Paul entra em cena, saindo do quarto da Monica)

PAUL: Bom dia.

JOEY: Bom dia, Paul

RACHEL: Olá, Paul.

CHANDLER: Oi, Paul, é isso?

(Monica e Paul vão até a porta e falam em voz baixa; os outros não conseguem escutar então eles levam a mesa até mais perto da porta para ouvir)

PAUL: Sim (eles se beijam) Obrigado (Paul sai)

JOEY: E não era realmente um encontro? O que é que vc faz num encontro então?

MONICA: Cala a boca e coloque minha mesa no lugar.

TODOS: Tudo bem!! (eles colocam)

CHANDLER: Tudo bem, crianças, preciso ir trabalhar. Se eu não for.... não fará muita diferença.....

RACHEL: Então, tipo, vcs todos tem emprego?

MONICA: Sim, nós todos temos emprego. É assim que compramos coisas.

JOEY: É, eu sou um ator

RACHEL: Uau! Será que eu já te vi em alguma coisa?

JOEY: Duvido. Fiz mais trablahos regionais.

MONICA: Oh, espere, a não ser que você assistiu a reprise de Pinocchio

CHANDLER: "Olhe, Gippetto, sou um garoto da verdade"

JOEY: Eu não vou ficar escutando isso. (abre a porta e sai)

CHANDLER: Vc está certo, desculpe... (começa a sair dançando e cantando) "Uma vez eu era um garoto de madeira, um garotinho de madeira...."

(Joey e chandler saem)

MONICA: então o que você vai fazer hoje? Você dormiu bem? Falou com Barry? Não consigo parar de sorrir.

RACHEL: Percebi. Parece que vc dormiu com um cabide na boca.

MONICA: Eu sei, ele é tão... tão...... Você se lembra de vc e Tony DeMarco?

RACHEL: Oh, sim

MONICA: Bem, é daquele jeito. Só que com sentimentos.

RACHEL: Oh, uau. Você está encrencada.

MONICA: OK, Ok, eu vou me arrumar, ir para o trabalho e não pensar sobre ele o dia todo. Ou só vou me arrumar e ir para o trabalho.

RACHEL: Oh, me deseje sorte!

MONICA: Para que??

RACHEL: Eu vou conseguir um desses (pensa) emprego.

(Monica sai)

CENA 6: (SÓ A MONICA TRABALHANDO)

(entra Frannie)

FRANNIE: Oi, Monica!

MONICA: Oi, Frannie, bem vinda de volta! Como foi na Flórida?

FRANNIE: Você fez sexo, não fez?

MONICA: Como você faz isso?

FRANNIE: Então, com quem?

MONICA: Você conhece o Paul?

FRANNIE: Paul, o cara do vinho? Oh, sim, eu conheço o Paul

MONICA: Vc quer dizer que conhece o Paul como eu conheço Paul?

FRANNIE: Vc está brincando? Eu tenho todo o crédito pelo Paul. Sabe que antes de mim ele não fazia sexo por dois anos

(corta para a turma menos a Rachel no Central Perk)

JOEY: (sentado no sofa) Mas é claro que foi mentira!

MONICA: Por que? Por que? Por que alguém faria isso?

ROSS: Presumo que estamos procurando por uma resposta melhor que " te levar para a cama"

MONICA: Sou eu? Será que eu tenho um tipo de beacon que só cachorros e homens com problemas emocionais podem sentir?

PHOEBE: Tudo bem, venha cá, me dê seu pé (ela começa a massageá-los)

MONICA: Eu pensava que ele era legal, sabe?

JOEY: (Explode em risada sem conseguir se conter) Não acredito que você não percebeu que era mentira!

(Monica o empurra para fora do sofá. Rachel entra com uma sacola de compras)

RACHEL: Adivinhem???

ROSS: Você conseguiu um emprego?

RACHEL: Você está brincando? Eu não tenho habilidade nehuma! Riram da minha cara nas doze entrevistas que fiz hoje.

CHANDLER: E ainda assim vc parece muito feliz.

RACHEL: Você tambem estaria se tivesse encontrado botas de John e Davis em promoção, com o preço pela metade.

CHANDLER: Oh, vc me conhece tão bem.....

RACHEL: Eu não preciso de um emprego, não preciso dos meus pais, eu tenho botas maravilhosas!

MONICA: Como você pagou por elas?

RACHEL: Cartão de crédito

MONICA: E quem paga o cartão de crédito?

RACHEL: Bem......meu.... pai.

(corta para a turma reunida em volta da mesa do apartamento de monica e rachel. Na mesa está uma tesoura e os cartões de crédito de Rachel)

MONICA: Vamos lá, vc não pode viver dependendo de seus pais sua vida inteira.

RACHEL: Eu sei disso. é por isso que eu estava me casando.

PHOEBE: Deem um tempo à ela, é difícil depender de si mesma pela primeira vez.

RACHEL: Obrigada

PHOEBE: De nada. Eu me lembro de quando eu vim para a cidade, eu tinha 14 anos. Minha mãe tinha acabado de se matar e meu padrasto tinha voltado para o prisão e eu cheguei aqui sem conhecer ninguém. Acabei indo viver com um albino que era faxineiro e aí ele se matou e foi quando eu encontrei aromaterapia. Então, acredite, eu sei como vc se sente.

(uma pausa)

ROSS: As palavras que vc está procurando é "de qualquer maneira"

MONICA: Tudo bem, vc está pronta?

RACHEL: eu não acho....

ROSS: Vamos lá, cortas, corta, corta......

TODOS: Corta, corta, corta, corta.....(ela corta um deles. Eles vibram)

RACHEL: Sabe? Acho que a gente podia deixar assim. foi tipo um gesto simbólico.....

MONICA: Rachel! Aquele era um cartão da biblioteca!

TODOS: Corta, corta, corta, corta....

(ela termina de cortar todos eles)

MONICA: Bem vinda ao mundo real! É um saco! Vc vai adorar!

(corta para o mesmo set. Monica, Rqachel e Ross estão assistindo tv. Começa a tocar o hino nacional, indicando que acabou a transmissão)

MONICA: Bem, acabou. (para Ross) Você vai dormir no sofá?

ROSS: Não, não, eu vou para casa

MONICA: Você vai ficar bem?

ROSS: Sim

RACHEL: Ei, Mon, olha o que eu achei no chão. (Monica sorri) O que?

MONICA: É o relógio do Paul. Eu vou deixar exatamente onde vc encontrou. Oh, vou. tudo bem. Boa noite à todos.

(Monica pisa no relogio e vai para o quarto)

(Rachel e Ross vão pegar o último cookie)

RACHEL: Desculpe...

ROSS: Não, não, pode ficar.

RACHEL: não, realmente, eu não quero...

ROSS: Que tal dividir?

RACHEL: Tudo bem.

ROSS: Tudo bem. (Eles dividem) Acho que você não sabe, mas no colegio eu era apaixonado por você.

RACHEL: Eu sabia

ROSS: Você sabia! Oh.... eu sempre achei que vc me via como o irmão bobo da Monica

RACHEL: Eu via.

ROSS: Oh.... Ouça, você acha - e tente não deixar minha vulnerabilidade ser um fator aqui - mas vc acha que seria tudo bem se eu te convidasse para sair um dia desses? Talvez?

RACHEL: Sim, talvez....

ROSS: Tudo bem.... tudo bem.... então talvez eu faça isso.......

RACHEL: Boa noite.

ROSS: Boa noite.

(Rachel sai para seu quarto. Entra a monica de roupão, enquanto Ross está saindo)

MONICA: te vejo amanhã..... Espera aí, o que houve?

ROSS: Eu acabo de pegar uma colher. (Ele sai. Monica não tem nem idéia do que ele quis dizer)

(creditos finais)

Cena dos créditos - Central Perk

JOEY: Eu não acerdito no que estou ouvindo

PHOEBE: (canta) Eu não acredito no que estou ouvindo.....

MONICA: -O que? Eu - eu disse que você tinha......

PHOEBE: (canta) o que eu disse que você tinha....

MONICA: (para a Phoebe) Dá para parar?

PHOEBE: Oh, eu estava fazendo de novo?

RACHEL: (aparece com a jarra de café) Alguém quer mais café?

CHANDLER: Você que fez ou só está servindo?

RACHEL: Só estou servindo.

TODOS: Ah, então eu quero

CHANDLER: Crianças, outro sonho..... Eu estou em Las Vegas.... Sou Liza Minelli.....


FIM